Você já reparou que existem muitos empreendedores que investem em qualidade e divulgação, mas nem sempre conseguem alavancar suas vendas? Apesar de esses requisitos serem importantes no processo de compra para o cliente, eles não são os únicos.

Entre os principais atrativos para chamar a atenção dos compradores, está a apresentação do produto. Negligenciar essa fase é comprometer o sucesso da sua marca.

Quer aprender a como apresentar um produto e causar uma ótima primeira impressão? Então, veja essas 6 dicas!

1. Preste atenção na embalagem do produto

Talvez você nunca tenha parado para pensar em como a embalagem do produto influencia a venda. Ela tem ainda mais importância se você realiza vendas pela Internet, já que o cliente não passa por grandes experiências de compra online como poderia ser dentro de uma loja física.

Pense em você como consumidor. Qual é a sensação em receber uma embalagem bonita, com design de qualidade e, até mesmo, certa durabilidade?

Provavelmente, você até guardaria essa embalagem para reutilizar em alguma outra ocasião, não é mesmo? Além disso, a primeira impressão ao olhar o produto já seria muito boa.

Pois é assim que os clientes se sentem com seus produtos também! Vale a pena investir em uma embalagem mais elaborada, com o logo da sua marca e uma apresentação mais profissional.

2. Construa uma proposta de valor

Existem milhares de pessoas que trabalham com artesanato por aí. Cada uma delas tem seu estilo próprio, mas, no fim das contas, uma peça de roupa sempre será apenas uma peça de roupa se você não souber agregar um valor a ela.

Quando apresentar seus produtos, evite oferecer uma blusa, um casaco ou uma bolsa. Tente oferecer uma peça que vai deixar seu cliente na moda ou que vai tornar o estilo dele único.

As pessoas não compram produtos, elas compram um look para arrasar em uma foto ou um acessório para usar em uma festa. Pense nisso e adapte as propostas de acordo com seus trabalhos.

3. Saiba organizar seu mostruário

O mostruário pode desempenhar vários papéis, dependendo do tipo de produto que você vende. Quem trabalha confeccionando bijuterias, por exemplo, pode organizar um mostruário com as principais peças fabricadas, encantando o cliente logo no primeiro contato.

O mostruário também serve para que as pessoas consultem as opções de customização que você oferece, por exemplo. No caso de vestuário e acessórios customizados, é possível reunir peças já prontas para que os clientes possam ter uma noção de como é seu trabalho.

4. Escolha o jeito certo para exibir cada produto

Oferecer variedade nos produtos é uma ótima forma de conquistar mais clientes, mas também é importante saber expor todas essas opções do jeito certo.

Tenha em mente que é bacana investir em lugares bem iluminados e organizados, independentemente do tipo de produto que você comercializa, certo?

Roupas e acessórios customizados ficam melhores em araras, vitrines e manequins. Procure não armazenar as principais peças em saquinhos, já que isso desencoraja o cliente em procurar por aquilo que ele quer. Nesse caso, também é uma boa dica montar looks criativos com suas peças para aumentar o desejo de compra e, até mesmo, incentivar uma compra casada.

Já as bijuterias não devem ficar misturadas em uma bandeja. Compre suportes próprios para isso e acomode cada peça individualmente.

Se você trabalha com outros tipos de artesanato, procure separá-los em sua loja por categoria. Deixe tudo aquilo que faz parte do mesmo conjunto em cantos diferentes. Assim, fica mais fácil para o cliente encontrar o que quer.

E lembre-se de que, ao expor seus produtos na Internet, também é necessário pensar em como eles serão exibidos. As roupas, por exemplo, assim como os acessórios, ficam melhores quando usados em uma pessoa real.

Outros artigos também podem ser ambientados para encher mais os olhos. Se você vende almofadas, pode tirar uma foto delas em seu sofá ou cama.

Tire fotos claras e de qualidade. Não precisa investir em uma câmera profissional logo de cara, mas faça o seu melhor e você verá melhores resultados.

5. Trabalhe sua abordagem com antecedência

Suas vendas não dependem apenas da beleza dos produtos. A forma como você aborda os clientes também faz parte desse processo de apresentação e costuma ser algo decisivo.

Você compraria um produto bonito e de qualidade, mesmo que o vendedor não respondesse suas perguntas, não tirasse suas dúvidas ou o tratasse de um jeito inadequado?

Ou melhor, você compraria um produto que não tem nada a ver com você, apenas porque o vendedor está o empurrando? Provavelmente não.

Antes de abordar os clientes, é importante treinar a forma como você fará isso. É preciso analisar as características das pessoas que costumam comprar com você.

São mais homens ou mulheres? São pessoas mais velhas e tradicionais ou mais jovens e divertidas? Você já reparou em quais perguntas os clientes costumam fazer, o que eles valorizam nas suas peças e o que faz com que eles comprem no fim da visita?

Se você ainda não faz nada disso, treine sua abordagem! Ela é indispensável na hora de apresentar seu produto. Adapte-se ao perfil do cliente, esteja disposto a responder qualquer pergunta e explique absolutamente tudo sobre o produto.

6. Seja transparente com as informações

É comum encontrar empreendedores que aproveitam-se das vantagens de se fazer uma boa apresentação e acabam adicionando algumas informações que não são tão verdadeiras sobre aquilo que eles vendem.

Esse truque desonesto pode até garantir resultados imediatos, mas nunca em longo prazo. Não troque sua reputação por vendas que nunca se repetem. A melhor maneira de criar uma marca é fidelizando um cliente.

Seja transparente em relação ao que seu trabalho pode oferecer, principalmente quando realizar uma venda pela Internet. Mostre todos os detalhes, fale tudo sobre o produto e dê informações verdadeiras.

Consequentemente, você vai encontrar pessoas que deixarão de se interessar por eles por um ou outro motivo, mas pode ter certeza de que eles serão perfeitos para outro grupo de pessoas. Todo negócio tem seu cliente ideal. Basta que você coloque sua energia em chamar a atenção deles.

E você? Quais dessas dicas sobre como apresentar um produto já são uma rotina em seu negócio? Independentemente da resposta, o importante é compreender que fazer a apresentação de um produto não depende só disso ou daquilo. Nesse caso, é o conjunto de ações, sendo colocadas em prática de forma inteligente, que fará a diferença para você!

Quer mais dicas para alavancar seu negócio? Então, descubra 5 técnicas que o ajudam a vender mais!

Autor

Escreva um comentário